terça-feira, 10 de novembro de 2009

Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal algum, pois tu estás comigo.

http://www.youtube.com/watch?v=ImzGMBrBMOQ
http://www.youtube.com/watch?v=tLcUhV1ExDE

alguns dos louvores que marcaram meu coração.

Louvores são a sintonia do Deus vivo conectados ao nosso espírito.São bálsamo, são pérolas, oferecidas pelo criador para sua mais perfeita criação, que somos nós sua imagem e semelhança.Obrigado Senhor por pérolas tão preciosas, que tocam profundamente nossa alma e espírito, nos elevando e fazendo-nos sentir o verdadeiro sentido de ser seu, e fazer parte do maravilhoso plano que tens para sua Igreja.
ttp://www.youtube.com/watch?v=Cdoxj-_0E1U
http://www.youtube.com/watch?v=lIpVL9fuKCo

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal algum, pois tu estás comigo.



Passavam-se os dias, e o lustre[apelido que coloquei nos frascos de soro] iam diminuindo e eu não conseguia sentir-me ostomizada,eu ainda estava anestesiada por Deus pois ele entende nossas dores, nossos traumas, nossos limites.Uma enfermeira que eu me afeiçoei muito em um domingo após a visita,veio olhar minha sonda e perguntou-me:Como você está em relação a colostomia?eu desandei a chorar e falei que não iria olhar,que estava assustada e não sabia como faria para lidar com aquela situação. Ela olhou-me e calmamente foi colocando alguns pontos muito sérios em relação a minha reação.Eu olhei aquela mulher jovem, um pouco mais do que eu e disse-lhe:Deus me dará o tempo que preciso para restabelecer toda a quimíca do meu cérebro,pois eu estava emocionalmente adoecida.Ela concordou, porém disse-me que eu teria que começar a olhar para o meu ostoma e ve-lo como meu amigo,pois Deus deu-me o escape para viver mais um pouco, e o ostoma era minha nova fase como corpo físico.Chorei muito quando ela saiu ,e pedi ao Senhor um socorro para toda aquela situação,eu estava como uma folhinha ao vento, frágil, frágil. Fiquei meditando e pedindo direção e compaixão,pois teria que enfrentar o meu Golias.Tive uma visitação do E.Santo em meu interior e isso me acalmou. Pela manhã , entrou uma enfermeira por engano ,era uma mulher de extrema maldade,cheia de agressividade e mal- humor. Eu já a conhecia porém era a primeira vez que ela me cuidaria e eu tremi diante daquele rosto.Ela falou-me agressivamente para levantar pois estava preguiçosa,[ela não tinha conhecimento de quanto eu amava me movimentar e trabalhar] eu estava indefesa e sem acompanhante e respondi que não teria como sair da cama.Nunca mais esquecerei como ela puxava o soro , o dreno e o tubo que ia para meu esófago, colocou-me para segurar meu dreno e saiu arrastando o soro, quando eu mal podia levantar.Entrei em uma crise de choro e pedi para ela me ajudar,foi como falar com um carrasco sem compaixão, e eu clamei a meu Deus e Pastor pois pensei em morrer.Levantei tremendo, minhas pernas não obedeciam eu sentia dor ate nos cabelos, e tudo foi em vão ,ela saiu me puxando sem do´alguma e pude sentir o nervosismo das amigas de enfermaria.Eu me sentia uma velhinha doente de cem anos tal era a minha fraqueza, e tudo piorou quando ela mandou-me limpar a bolsa colostomica sem luvas. Eu sabia o que eram bactérias e fiquei apavorada, para completar ela largou-me sozinha dentro do banheiro segurando em uma barra , dreno e disse que fosse até o vaso para fazer a higiene. Nunca me senti tão torturada por alguém e não sei como consegui fazer tudo, embora várias vezes eu quase apagasse. Fiquei com as mãos toda contaminada e quando ela retornou eu estava a beira de uma crise nervosa, iria desmaiar e ela sentiu o quanto errou e tratou de levar-me para a cama.Eu arfava e dizia a Deus que aquilo não aconteceria nunca mais comigo, se fosse passar por tudo de novo preferia morrer, queria ir para seus braços.Nesse momento eu entendi que Deus teria que me promover a guerreira,pois a guerra era desleal e o inimigo não era gentil, pelo contrário muito cruel.Decidi com Deus que ninguém pagaria o preço de me arrastar como uma inválida,e que eu manipularia minha ostomia quando fosse para casa ,não seria uma pobre -coitada e vestiria a roupagem de Efésios 6. Eu estava fraca na carne , porém a maldade daquela mulher usada pelo maligno, transformou em benção a minha vida dali para a frente.[QUANTO AO MAIS SEDE FORTALECIDOS NO SENHOR E NA FORÇA DO SEU PODER. RVESTI-VOS DE TODA ARMADURA DE DEUS, PARA PODERDES FICAR FIRMES CONTRA AS CILADAS DO DIABO; PORQUE A NOSSA LUTA NÃO É CONTRA O SANGUE E A CARNE, E SIM CONTRA OS PRINCIPADOS E POTESTADES, CONTRA OS DOMINADORES DESTE MUNDO TENEBROSO, CONTRA SA FORÇAS ESPIRITUAIS DO MAL, NAS REGIÕES CELESTES. PORTANTO TOMAI TODA A ARMADURA DE DEUS, PARA QUE POSSAIS RESISTIR NO DIA MAU E, DEPOIS DE TERDES VENCIDO TUDO, PERMANECER INABALÁVEIS.] EFÉSIOS 6. 10-13.

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

AINDA QUE EU ANDE PELO VALE DA SOMBRA DA MORTE, NÃO TEMEREI MAL ALGUM, POIS TU ESTÁS COMIGO

Era um domingo, Cherry tinha ido com os meninos me visitar, muitos irmãos e amigos foram ver-me e sempre era um refrigério estar com meus amados porém eu estava fechada psicologicamente e evitava falar. Depois que todos saíram voltei a pensar em minha nova condição e lá no fundo eu meditava na constatação de um presente trágico, eu só podia pedir:"Restaura, Senhor pelo menos o que me aconteceu. Restaura as rachaduras de minha psique,pois estava bem danificada, e eu temia por sequelas que certamente viriam se o Senhor não viesse com seu bálsamo sarar meu interior,para que eu aceitasse o exterior selado para mim sem nenhuma perspectiva de vida, e não morresse magoada com ele. Muitos podem chocar-se com minhas palavras,mas no principio eu declarei que não usaria de hipocrisia pois o próprio Jesus condenou isso.Deus não nos chamou para vivermos apaticamente em meio a tragédia que possa estar nos acometendo, mas para tomarmos uma posição diante do fato que está nos assolando.Jesus tem a capacidade de nos fazer encarar o deserto como um manancial, por mais inóspito e estéril que seu jardim tenha se transformado, ele enviara chuva para no tempo certo acontecer como no deserto do Neguebe.O Neguebe é um deserto no sul da Palestina, é um lugar ermo estéril onde nada é produzido, porém quando chega a época das chuvas , são chuvas torrenciais e acontece um milagre. As savanas secas se transformam em ribeiros , e a areia que é castigada o ano inteiro pelo sol muito quente viram mananciais e após a chuva brotam umas flores pequenas. São sementes quase mortas e secas , quase despercebidas, mas renascem ao cair das águas. Nesse tempo de vale e deserto , ao olharmos as circunstancias deixamos de andar nos caminhos mais altos com nosso Pastor, o coração fica quebrantado,já não existem lágrimas só dor, contudo Deus quer nos levar a crer que existe um rio em potencial dentro de nós. O Senhor deixou em sua palavra uma certeza para nossa vida [AQUELE QUE CRÊ EM MIM , DO SEU INTERIOR FLUIRÃO RIOS DE ÁGUA VIVA.]

terça-feira, 13 de outubro de 2009

Mais um dia de expectativa e rotina, dentro do Hospital e percebi que já não conseguia bloquear em minha psique o fato de estar ostomizada, e isso começou a me angustiar.Sentia-me só a nível de relacionamentos e comecei a entender que só o Senhor entendia minha dor,pois ninguém de minha convivência era ostomizado.No início ainda me abri com alguns, depois me fechei dentro de uma ostra. Recusava-me a olhar e a tocar no assunto e desviava-me de qualquer pergunta, era doloroso, real-irreal não totalmente absorvido por minha mente,pois ainda que a minha carne e o meu coração desfalecessem, Deus era a fortaleza do meu coração e a minha herança para sempre.[Salmo-73. 25-26.] É sutilmente majestosa a ação de Deus fazendo permanecer na fé e graça uma mulher totalmente fragilizada, mexida em seus brios femininos,angustiada e inconformada,ter consciência sobre a autenticidade de seus pressupostos.Uma das posições que tive que assumir foi estar grudada a Deus,e sabia que ele estava me me mantendo de pé,pois suas misericórdias são para sempre,isso enchia-me de esperança para caminhar pelo estreito caminho.É real que ele intervém em nossas vidas, apesar de tudo ele jamais deixará de ser Deus e livrara nossos pés das quedas e e deslizes.Se você carrega na alma a dor e angustia, abra o coração e a mente as verdades mais puras por ele discernidas. Faça isso e o E.Santo lhe agraciara com discernimento e sabedoria para compreender o ponto de vista de Deus sobre áreas que perturbam sua vida.

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

sábado, 10 de outubro de 2009

AINDA QUE EU ANDE PELO VALE DA SOMBRA DA MORTE , NÃO TEMEREI MAL ALGUM, POIS TU ESTÁS COMIGO.

Deitada em meu leito de hospital comecei a despertar para meus bloqueios-protetores emocionais, eu não queria olhar nem pensar que estava ostomizada, e isso mudaria todo o curso de minha vida.Entrei em muitos refúgios de minha psique para bloquear a realidade que eu não queria vislumbrar nem de longe, nem de perto e isso causou-me dolorosos momentos e um grande quebrantamento em minha alma e espírito diante de Deus.Podia lembrar as fotos onde eu e cherry temos juntos e em meu corpo tão certinho abraçada a CHERRY. Nós amávamos acampar e nossas oportunidades eram em lindas praias que explorávamos sempre que saiamos em grandes feriados com seu cunhado[Jayro] e sua irmã[leila.]Pensava naqueles dias e em outros que ficaram na história de nossas vidas, então chorava muito e procurava não pensar em mais nada, afinal não viveria muito e isso de uma certa forma fazia-me olhar a situação como passageira,então deletava tudo e procurava não olhar mesmo quando a enfermeira vinha olhar tubo, dreno e higienizar-me a bolsa colostomica.Evitava falar sobre isso com Cherry e a maioria dos amigos, doía muito por isso tinha os irmãos-amigos que eu sabia serem fontes seladas, com eles eu podia chorar sem pudores.O lustre de soro ainda estava grande e eu comecei a ter flebite na mão o que obrigou Dr. Gilberto a colocar um escalpo em minha outra mão.Eram muito ruins as furadas das agulhas pois não estava fácil achar uma veia que aliviasse aquele momento.Finalmente ela surgiu e e isso acalmou-me e ao Dr. Gilberto também.Louvo a Deus por Cherry não estar presente nesses momentos ,pois ele fica esqualido e desmaia e então a situação se complica,isso já ocorreu outras vezes,meu grandalhão tomba como um carvalho que foi cortado.Os dias iam passando e eu achava que não sairia mais dali,estava tão fraca que mal podia pensar em me mexer muito não comia nem podia beber água.Pedia a enfermeira para passar gelo em minha boca pois estava muito ressecada e o cheiro da comida dos acompanhantes e amigas de enfermaria me davam náuseas horríveis,era uma das piores horas do dia.Como agradeço a JESUS por tanto sustento e amor, amor que vinha dele através de todos que me abençoavam com amor e carinho e abençoavam minha família, pois estavam muito fragilizados.
,

sábado, 26 de setembro de 2009

Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal algum pois tu estás comigo.

Eu estava muito saudosa de minha casa,minha familia, de meus irmãos em Cristo e meus vizinhos tão queridos.Embora a visita fosse todos os dias, e eu estivesse cercada de carinho, Hospital é Hospital.A Sheila ficou preocupada com o estado de minhas mãos e braços, levou um Reparil Gel para que os hematomas melhorassem,vi nisso um gesto de amor ,pois Crerry já estava tão sobre carregado e cansado, não perdia um dia de visita. Zé e Liliam estavam sempre juntos com Sheila vendo nossas necessidades, e eram presenças constantes no hospital.Quero citar:Ageu [meu Partor], Maria,Carlão, Marquinhos e Marize, que choraram como crianças ao meu lado.Pascoala,ex- sogra de minha filha[avó de Amora],Alexandre meu atual genro, minha filhota, meus meninos[os gémeos]Neuza,Ângela do RH DO inca que era minha vizinha,fora outros que não recordo pois estava ainda muito sedada.As vezes ficava pensando em pitchula, minha gatinha, que havia dado a luz uma linda ninhada,pensava como estariam os gatinhos.Meu Pastor alemão, Shalom não comia e chegou na ficar magro e triste,pois tenho um amor muito grande por meus animais.Pode parecer futilidade para muitos, porém para mim faz parte de minha vida.Em meio a todo esse amor só tenho que agradecer ao pai por essas perólas que o Senhor acrescentou em minha vida.O'Tempo passava e as dores não diminuíam, e eu consequentemente não dormia, e isso estava causando-me esgotamento mental e físico o que não era pontos a meu favor. No quarto dia vi a equipe de Dr. Gilberto entrando na enfermaria e vieram até meu leito,procurei meu centurião e não estava.Perguntei a um dos assistentes dele que eu mais simpatizava, onde ele estava, ele respondeu que estava em cirurgia, e não havia dado tempo dele comparecer, isso foi ruim para meu emocional, pois sabia que fariam algum procedimento comigo e eu estava apavorada com as dores.Foi quando percebi todo o material de curativo sendo manuseado por eles.Perguntei o que fariam e o assistente que citei disse-me que fariam o meu primeiro curativo,gelei pois tinha visto um em uma Senhora quando dei entrada naquela unidade com o mesmo tipo de câncer que tive,Depois disso Celeste foi internada no mesmo leito.Colocaram um lençol e disseram para eu não fazer manha[brincadeira],mas avisaram que doeria muito, por isso pedi uma toalha limpa que levei para morder.Seria melhor morder uma toalha do que gritar como louca,pois eu já estava sentindo dor.Começaram a manusear algo de dentro de mim e a dor estava indo as raias da loucura e eu quase sangrei a boca, pois apertava a toalha mais e mais. A dor começou a aumentar e tive medo de não suportar pois eles estavam tirando mexas de gaze enormes onde era o meu reto.Pensei que tinha acabado, mal sabia eu que só tinha iniciado, pois eles começaram a retirar algo de dentro de mim que eu não sabia o que era, e as dores eram tão lancinantes que quase apaguei, minha pressão desceu demais.Eles perceberam minha palidez e a toalha afrouxada de minha boca,eu falei vou morrer.Perceberam que havia algo errado e detectaram a pressão arterial antes de um óbito.[muitos pacientes morrem com a intensidade da dor, pode acontecer uma parada cardíaca,sem volta.]Estabilizaram minha pressão e me monitor-aram para continuar com o curativo, não podiam parar, e eu de me livrar daquele momento terrível. Continuaram puxando algo de dentro de mim,era uma eternidade de pavor porém conseguiram,e pude ver uma luva cirúrgica cheia como se fosse uma bola de aniversário, finalmente retiraram e senti um alivio acompanhado de dor,porém havia terminado.Tive noção que minha cicatrização seria de dentro para fora,então fiquei paralisada,pois mil pensamentos vieram e eu lembrei que tinha uma colostomia.Como eu só tomava soro e estava cheia de tubos isso passava por minha cabeça em flash,pois eu recusava olhar, meu emocional bloqueou esse detalhe tão doloroso que teria de conviver para sempre.

AINDA QUE EU ANDE PELO VALE DA SOMBRA DA MORTE, NÃO TEMEREI MAL ALGUM,POIS TU ESTÁS COMIGO


Quando amanheceu depois de uma noite de tortura, podia ouvir vozes alteradas que certamente era onde ficavam médicos e enfermeiras,então reconheci a voz de Dr.Gilberto cuja alteração passava da normalidade.Para minha surpresa ele entrou enfermaria a dentro e falava: Lis o que fizeram contigo? deixe eu ver seus braços, e quero saber a louca que fez isso com você. Ele sabia que eu era da área e sabia os procedimentos,e encheu-me de perguntas.Disse-me que já tinha sofrido o suficiente e não estava tranquilo com o escalpo, pois minha mão começava a dar sinais de flebite.Avisou-me que eu não poderia sentir nenhuma dor, pois isso sinalizaria que a veia havia fugido. Chamou o enfermeiro- chefe e deixou claro que não aceitaria nenhuma atrocidade daquela maneira comigo, senão a coisa ficaria preta.Pediu que vigiasse minha mão e não descuidasse de nenhum detalhe, ele estava revoltado.Eu estava com tanta dor que tudo a minha volta me deixava pior e pude ver o amor de Neuza tentando me acalmar. Quando ela falou que ia embora meu chão abriu e tive pavor de ficar ali entregue só Deus sabia a quantas surpresas. Olhei ela saindo depois de me beijar a testa ,e dizer,que Jesus estava comigo , e estava mesmo, eu podia sentir.Mais um dia de intensa dor e a Celeste,já citei sobre ela em postagem anterior, ficava ansiosa pois meus olhos ficavam parados e eu não esboçava nenhum movimento.Naquela noite quem ficaria comigo seria Marlene, profissional competente da área e irmã em Cristo, isso deixou-me mais aliviada.Quando Marlene chegou senti um imenso alivio pois a noite já havia chegado e eu senti um imenso amor de Deus em suas atitudes.Ela levou todos os seus cremes importados e começou a passa-los em mim,então lhe falei: Não desperdice seus cremes com um defunto vivo guarde-os pois são caros e sei que voce é que vai precisar deles em vida.Ela calmamente continuou massageando-me com os cremes e mandou que eu descansasse. Ah! como eu queria poder descansar,mas as dores eram tão fortes que minha sensação era que meus cabelos doíam também, que tolice!Naquela noite eu comecei a tossir e ficar febril,a cada tossida eu tinha a impressão que iria desmaiar, a dor colocava-me em desespero,e pedi a Marlene para me ajudar. Ela sentou-me e eu dizia baixinho a veia não pode fugir, e ela calmamente continuava a colocar-me em posição para fazer tapotagem em meus pulmões para retirar a secreção sem o doloroso processo de uma sucção por dreno. Senti o poder do Senhor encher aquela enfermaria,pois a secreção saiu e a febre desapareceu como apareceu. Ela dizia que poderoso era o Senhor para operar maravilhas, e senti que ocorreu mais um milagre naquela noite.Amanheceu, e ela deu-me o banho na cama como se eu fosse um bebe enchendo-me de carinho e sempre ministrando o Senhor sobre aquela situação,foram perólas preciosas que aquela irmã ofertou-me e nem mesmo ela tem noção disso mesmo que eu já tenha falado mil vezes. Essa irmã logo após foi morar nos EUA,voltando um ano depois. Quando ela saiu, eu fiquei profundamente abatida e chorei muito pois iria sentir sua falta. Olhei para o lustre[como eu chamava] de varias medicações em frascos de soro e não diminuía nem um, e pensei, meu Deus não deixe minha veia fugir e olhei para a mão que inchava a cada dia. Pensei como seria se isso ocorresse, a hipótese de um cate-ter não me alegrou nem um pouco e tornei a pedir ao Pai para poupar-me ao menos disso.

AINDA QUE EU ANDE PELO VALE DA SOMBRA DA MORTE MORTE, NÃO TEMEREI MAL ALGUM,POIS TU ESTÁS COMIGO.

Depois de passado tudo que relatei, e do Centurião Liberar minha ida para a enfermaria de três leitos, eu achava que ele me desceu por não haver saída para o meu diagnóstico e eu teria acesso a minha família nessa fase. Eu continuava toda entubada e com dreno, nessa fase pedi a Cherry que não permitisse o acesso dos meus filhos o quadro seria muito chocante para eles. No alto havia tantos frascos de soro que eu apelidei de lustre, eram muitos frascos e entendi que ficaria sob o jugo das agulhas durante muito tempo.Perguntei ao Dr.Gilberto o que o motivou a me retirar da UTI se a previsão era longa, ele respondeu-me : Você não diz que tem um Deus poderoso, pergunte a ele.Eu fiquei muda e maravilhada embora a dor não me desse trégua e eu visse a parede em frente toda colorida[efeito da morfina] como se alguém estivesse pincelando as nuances. Cherrry chegou ao INCA logo depois que eu desci e também ficou estático diante da decisão do Dr. Gilberto. Houve uma conversa entre os dois, e muito tempo depois Cherry veio até meu leito e falou baixinho: Está tudo bem amor, a sua reação pós- cirúrgica foi sem explicação, mas nós sabemos quem está nos presenteando com essa benção.Ele saiu, e foi quando começou a maior maratona a nível de dor que já senti em toda a minha vida. era uma dor tão grande que eu  não conseguia esquece-la mesmo que me esforçasse, eu estava quase indo as raias do desespero tamanho era o nível da dor, e quando pedia analgésicos  a resposta era não, estava tomando alta dose de morfina diretamente na medula.Qualquer deslize seria óbito então eu não teria outra opção a não ser sentir dor, e isso não me deixava dormir hora alguma. Na primeira noite a Neuza foi minha acompanhante, porém eu senti que ela estava sofrendo em me ver naquele quadro em que nada poderia ser mudado. Minha veia fugia do soro com imensa constância e isso deixou uma enfermeira irritada pois ela achava que eu era responsável. Por isso ela tentou pegar minha veia com uma agulha gelco quatorze que só é utilizada em emergência máxima de pacientes super- desidratados e assim ela deixou meus braços negros, estourou minhas veias enquanto cantava. Minha prima chorava, eu também, então meu Pastor encheu aquela enfermaria com sua presença e eu clamei em minha quase insanidade que ele tirasse aquela mulher e que enviasse um anjo em meu socorro. Nesse instante entrou uma enfermeira e com autoridade perguntou a ela porque fez aquilo,e ela saiu sem nada falar como se temesse algo. A que assumiu procurou uma veia com um escalpo e me falou olhando nos meus olhos:Voce acredita em Deus? eu falei só creio nele, então ela avisou novamente que iria imobilizar minha mão e que eu não mexesse com o braço para que a veia não fugisse,pois seria muito dificíl achar outra. Fiquei agradecida ao Pai por sua misericórdia e não mexi mais com a mão, e isso deu algumas complicações.




sexta-feira, 25 de setembro de 2009

AINDA QUE EU ANDE PELO VALE DA SOMBRA DA MORTE, NÃO TEMEREI MAL ALGUM, POIS TU ESTÁS COMIGO.



Essa foto, simboliza o que realmente acontece na vida de pessoas, que derrepente se deparam com um Tsunami ocorrendo dentro de sua realidade.É algo tão inesperado, que ficamos com a sensação que acordaremos de um terrível pesadelo, o qual sairemos quando despertarmos. Se isso acontecer com você querido leitor ou blogueiro, não se ache o único no mundo e não deixe a auto- comiseração tomar seu interior. Existe um Deus poderoso que o ama e quer coloca-lo junto a ele, nesse momento, seu nome é "JESUS CRISTO",e se você permitir ele passara por todos os vales que a vida te conduzir, ele só não invade seu livre arbítrio pois é extremamente gentil.O seu amor tem conduzido a minha vida, tornam-do-me uma pessoa que tem consciencia de suas fragilidades, impotências, e potencial de superação.A esse DEUS que é um Pastor de almas em potencial de misericórdia, amor, e compaixão exalto e declaro que outro não existe.Voce pode recorrer a outros deuses, porém será ludibriado pois ele poderá te dar a cura, e roubar a sua alma fazendo-o perder a maior oportunidade de ser amado e conhecer as maravilhas do senhorio de CRISTO.Que o SENHOR te busque e marque um encontro contigo amado[a]. Amem

AINDA QUE EU ANDE PELO VALE DA SOMBRA DA MORTE, NÃO TEMEREI MAL ALGUM,PORQUE TU ESTÁS COMIGO.

Hoje depois de muitos dias  senti-me mais fortalecida para continuar postando, a dor é mais ténue embora eu não entenda  como uma família se dissolve, e os planos feitos a dois  evaporam como fumaça, eu fico imaginando como isso ocorre embora tenha consciência que tudo é um processo.Reporto-me a UTI onde estava quando postei a última vez e das dores que sentiria durante seis dias e seis noites. A primeira manifestação do milagre de Deus em minha vida, foi a curta permanência que fiquei na UTI. Meu organismo respondeu milagrosamente a todo o processo cirúrgico gravíssimo que passei, e isso surpreendeu a todos da equipe , principalmente ao Dr. Gilberto.Apenas vinte quatro horas permaneci  na UTI ,estava muito confusa ainda, e dopada de morfina quando ouvi meu Centurião dizer que eu desceria para a enfermaria. Não entendi nada, pois tinha uma paciente com o mesmo diagnóstico que  ouvi naquela tenebrosa noite.Pude escutar as enfermeiras conversando baixinho,elas estavam comentando sobre uma paciente que já estava exatamente a três meses lutando contra a morte,  eu pensei que estavam falando de mim.E Diziam: Coitada, tão nova e todo esse tempo nessa gravidade, coitado do marido dela telefona todo dia e quando vem sai arrasado.Nesses momentos eu tinha acordado e como já citei a UTI estava escura apenas com luzes bem fracas, pois vinham da outra sala.Minha cabeça não concatenava os pensamentos em sequência e achei que eu era a paciente, e tive uma sensação terrível que estava morrendo. Pensei em Cherry mas não conseguia nem chorar, era muita morfina com anestesia.Só depois de algum tempo ouvi novamente falarem sobre a coitadada paciente e completaram a frase: Dona Terezinha não está reagindo mais a essa medicação, vamos falar com dr. Gilberto, coitado do marido dela é tão gente boa. Então entendi embora muito atordoada que não se tratava de minha pessoa,  meu coração ao mesmo tempo que recebia a noticia e mesmo muito longe do meu raciocínio normal se alegrou,mas eu senti dor por essa pessoa que era uma mulher como eu e que sofreu o mesmo procedimento, uma De Milles ou seja amputação do reto e colostomia definitiva. Foi quando derramei minhas primeiras lágrimas, embora sem entender muito a situação.

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

AOS FILHOS AMADOS RODRIGO E ANA CLEIDE, NOSSA GRATIDÃO.


Nesses dias nebulosos que tenho vivido, dei uma fechada na porta de minha história. Tudo é muito forte, e interfere em áreas da psique e feridas que a regeneração ainda está  em processo de cicatrização, então resolvi dar uma descansada no emocional. Nessa tarde fui olhar o blogger e vi que tinham postado um comentário, fiquei curiosa e quando acessei vi com alegria  que foi de uma pessoa  muito amada, e posso dizer diante do Pai que sua vida e de seu marido,  [meu filho do coração] são vidas que nos fazem sentir a grandeza do amor de Deus.Nossas vidas foram aproximadas por Deus dez anos atrás, eu estava em processo de remissão, acabei ganhando como bênção e presente do Pai uma filha de oração.Ela é uma Jornalista excelente, blogueira e filha do Rei dos Reis.Meu filhão, além de gato é um tremendo Professor de Educação Física e os dois são duas vidas que amam e servem ao Pai. Não é tremendo?. Ela nem sabe que estou postando tudo isso,porém o comentário que ela postou foi um bálsamo para o meu coração. Saber que você pode contar com o amor , orações e tudo que eles tem de melhor em suas vidas, soaram para mim como o barulho das águas de Deus que tanto tenho pedido ao pai. Quando algum processo doloroso acontece em nossas vidas , o que mais podemos ganhar de Deus depois do seu amor e graça, do que dois filhos gerados no amor eterno do Pai?filhos que nos amam, com nossas limitações, que nos respeitam como seres   humanos e falhos que somos. Como foi bom ler e sentir a verdade saltando aos meus olhos tão necessitados nesses dias de palavras de consolo,  falando em restauração quando estamos em um momento tão delicado e triste.Senhor: Obrigado por ter gerado a vida desse casal em ti  e isso ter contribuído para o bem de muitos. Continue Deus a usa-los como pessoas generosas e despojadas para contribuição do teu reino.Deus os abençoe e continue a boa obra que iniciou em suas vidas.Com todo amor de sua mãe de oração.

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

"ORAÇÃO POR MINHA FAMÍLIA"



Deus: Contempla dos altos céus nossas vidas e reina como Emanuel dentro de nós. Tantas vezes a vida me tem sido cansada- espera e exaustão! Que não nos falte uma existência com  direção e integridade, podemos não ter as riquezas deste mundo, mas sabemos para onde vamos. Não nos falte uma vida compensada pelo consolo de Deus, que nos enche de animo, que expulsa o medo, expurga nossas angústias e se faz presente no momento que pensamos: agora a guerra é sua pois estou em fraqueza e sei que sua palavra diz: quando estou fraco ,ai estou forte, pois posso todas as coisas naquele que me fortalece.Sei que suas promessas não são utopia nem filosofias, e temos vivenciado suas misericórdias todos os dias de nossas vidas. Deus sopra sobre nossas almas,faz jorrar sobre nós as águas do seu trono, refrigera nossa alma e leva-nos as janelas onde seus olhos enxergam para que possamos ser seus benditos. Abençoe a todos os que lerem essa oração no santo nome de Jesus.
Hoje estou vivendo dias tristes, por isso não vou falar do assunto que venho abordando. Meu filho voltou para casa, ele e minha nora resolveram separar-se e isso tem causado dor em meu filho,  em Cherry e em mim.Tenho certeza que a vontade de Deus é soberana, nos rendemos a ela sabendo que O nosso Pastor é  fiel e sábio,  isso nos traz consolo mas ficam as boas lembranças. Que Jesus abençoe a vida dos dois, embora em caminhos opostos, que o bálsamo do Senhor venha consolar a todos envolvidos nesse contexto tão triste, afinal foram seis anos  juntos e sabemos que existem profundas lembranças principalmente no coração dos dois.[JESUS: NÓS AMAMOS ESSAS VIDAS, E PEDIMOS AO SENHOR QUE VENHA CONSOLAR , PASTOREAR, E ESTABELECER UM TEMPO NOVO NA VIDA DE, AMBOS. AMEM.]

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

AINDA QUE EU ANDE PELO VALE DA SOMBRA DA MORTE , NÃO TEMEREI MAL ALGUM, PORQUE TU ESTÁS COMIGO.






Acordei na UTI totalmente sem noção do que havia ocorrido, em frente ao meu leito tinha um relógio,eu não enxergava com clareza mas vi que era um.Quis mexer-me e não conseguia, senti algo em meu pescoço e fui percebendo os tubos  o soro, eu estava literalmente presa e começando a sentir dores horrivéis.Não conseguia raciocinar normalmente mas mas ouvia as enfermeiras conversando baixinho,tentei virar a cabeça e senti meu pescoço arder, depois quando foi retirado vi que recebia sangue por ali.Percebi que já estava amanhecendo pois o hospital intensifica seu movimento e as vozes aumentam seus sons, foi nesse momento que uma mão pousou sobre minha testa e uma voz amiga disse: como você esta´?quis responder porém só saiam lágrimas, eu estava sem forças para responder. O meu Centurião estava ali e tentava acalmar-me com palavras de animo e carinho,e eu mal podia balbuciar uma palavra pois a dor era muita. Consegui falar baixinho que estava com muita dor e graças a Deus ele entendeu,acalentou-me e falou que eu estava com uma cânula de morfina colocada entre os discos intervertebrais da coluna, por isso eu sentia uma sensação estranha em minhas costas,era um tubo com morfina fininho. Eu não poderia tomar nada para dor e ela aumentava assustadoramente. Eu não tinha noção da  gravidade da cirurgia,em minha débil mente eu só pedia ao meu Jesus que a dor pasasse e eu voltasse a dormir. Jamais poderia imaginar que não dormiria por seis dias e seis noites.[SEI COM CERTEZA QUE SOMENTE PASSANDO PELOS VALES POSSO VIAJAR  NOS OMBROS AMIGOS E FORTES DESSE JESUS VIVO, ENTÃO IREI SEGUIR PARA AQUELES ALTOS RETIROS COM MEU PASTOR AMADO. DESTE MODO, NÃO SOMENTE SEREI ABENÇOADA, MAS ME TORNAREI UMA BENÇÃO PARA OS OUTROS QUE ME CERCAM, AMEM.]

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

TRIBUTO AO PASTOR DOS PASTORES.

Muito embora pudesse me sentir psicologicamente esbagaçada neste mundo, o Senhor dizia que eu podia mudar: ele me refrigerou a alma no vale da sombra da morte! soprou ventos dentro do vale, e abriu-me as janelas mostrando-me com o prisma do seu olhar, que eu poderia e deveria prosseguir. Mesmo com as dores, angústias, perdas e solidão da não conversa, pois a fraqueza e dor era o aio do momento. Mesmo assim prometeu-me e tem-me dado um viver íntegro, a mente sã sem sequelas de rejeição, pois seu amor me perfumou, num corpo embora marcado ávido por movimentar-se, viver e desfrutar da paisagem que me fez olhar por seus olhos.Pastor amado meu, não és memória, mas presença viva em minha vida e da minha família.Apenas o teu amor levaria-me por pastos verdejantes e águas tranquilas, derramando-me o óleo perfumado sobre meus cabelos no vale da sombra da morte. Eu me sinto uma pessoa dignificada e honrada, pois tu me criaste isso faz-me sentir alguém muito especial para ti, e ante todos que conhecem e estão conhecendo minha história através desse Blogger.Te amo meu Deus!

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

AINDA QUE EU ANDE PELO VALE DA SOMBRA DA MORTE, NÃO TEMEREI MAL ALGUM,PORQUE TU ESTÁS COMIGO.

Quando entrei no centro cirúrgico fechei os olhos e me liguei em Jesus, uma instrumentadora perguntou-me  porque eu estava com os olhos fechados, então respondi que estava orando.O centro cirúrgico é muito frio, o ar refrigerado é potente e comecei a sentir muito frio, foi quando ouvi a voz do Dr. Gilberto, então abri os olhos e não conseguia articular uma palavra estava com muito medo. Passaram-me para uma mesa muito estreita então falei com ele que cairia dali, ele sorriu e disse-me: Calma nada vai acontecer, estou com você, e vou ser sempre seu anjo. A seguir a anestesista pediu-me para virar de lado, e fiquei mais apavorada ainda, foi quando senti  passarem algo gelado em minha coluna e logo a seguir uma agulhada que causou-me um choque em minhas pernas, Viraram-me de frente e colocaram em meus braços o duas abas, de forma que meu corpo ficou em forma de cruz, então perguntei porque não sentia mais as pernas e porque aquela posição. Dr. Gilberto me acalmou  dizendo que eu dormiria logo, então percebi que toda a parede superior era de vidro fume e olhei para o céu que estava lindo. Essa foi minha última lembrança, pois deram-me também anestesia geral.Foram dez longas horas de cirurgia e durante o procedimento minha pressão arterial subiu para 22. 15. [tudo isso soube muito tempo depois.] Quando sai do centro cirúrgico, Dr. Gilberto colocou Cherry na saída para que me visse e deu-lhe a notícia que conseguira preservar minha vagina.Cherry disse-me posteriormente que eu estava com coloração cadavérica e tinha tubos e drenos que o assustaram terrivelmente. Então ocorreu a conversa entre Cherry e Dr. Gilberto, onde ele colocou toda a verdade sobre minha cirúrgia, embora tudo já tivesse sido falado, discutido e analisado. Eu estava com metásteses e tiveram que tirar um grande pedaço do meu intestino, meu útero já apresentava pequenos cistos na parte anterior, os ovários tiveram que ser retirados. Apior notícia , meu reto teve que ser retirado, eu usaria uma colostomia definitiva. Iria para a UTI sem previsão de saída, o quadro era assustador, minha família e todos que estavam caminhando conosco nesse vale ficaram sem saber o que fazer.Naquele instante tenho absoluta certeza que meu Pastor carregava a todos em seus braços. A dor foi terrível para eles, e a esperança era apenas um milagre.

AINDA QUE EU ANDE PELO VALE DA SOMBRA DA MORTE, NÃO TEMEREI MAL ALGUM, PORQUE TU ESTÁS COMIGO.

Quando acordei na terça-feira custei a colocar todo o universo do meu corpo, alma e espírito em contacto com a realidade que enfrentaria naquele dia tão crucial. Fiquei muda, queria sentir a presença do meu Deus e Pastor,eu precisava desesperadamente ver meu Cherry, falar com ele, chorar com ele. Eu não sabia o que falar, pois não tínhamos abordado nada desde o dia que Dr.Gliberto falou-me do real risco que poderia ocorrer. Eu ainda estava com a roupa convencional usada em enfermaria,que tem o nome INCA na parte da frente, não dá para esquecer que você é uma pessoa marcada e assolada por essa enfermidade considerada, [ainda de alto nível mortal]. Eu estava pedindo alguns favores a Celeste quanto aos meus pertences, quando entrou uma linda médica, cujos olhos jamais esquecerei, pelo fato de serem azuis-esverdeados como de dois de meus filhos. Ela esbanjava vida, pois estava grávida em estado bem adiantado. O fato de ver uma mulher grávida, me fazia ficar em estado de graça,pois eu e Cherry curtimos muito quando tivemos esse privilégio,e o maior presente  na segunda gestação foi quando fomos presenteados com gémeos[loucura total em toda a família.] Eram dois meninos lindos,  bivitelinos; um loiro e outro moreno.Voltei a realidade e ela docemente comunicou-me que era a minha anéstesista, falou-me algumas palavras, que sinceramente não ouvi  depois ela saiu dizendo que eu seria levada ao centro cirúrgico.Subiria as onze horas e trinta minutos e o relógio marcavam exatamente treze horas, comecei a ficar ansiosa,porém Deus reservou um presente para mim. Cherry entrou na enfermaria, não podemos nos conter e nos abraçamos, nos , beijamos e choramos como crianças.Ele falou-me docemente que foi vestir-me e me levaria até o centro-cirúrgico,.temos convicção que Deus usou nosso centurião para nos proporcionar aquele momento em meio a tanta dor, pude também abraçar a Liliam e o Zé Eduardo, que foram juntos com Cherry para para dar-lhe apoio. Apenas Cherry subiu até o centro cirúrgico  e na porta beijamo-nos como se fosse a última vez, afinal de contas minha cirurgia não garantia um retorno.Vou parar um pouco de postar ,pois isso ainda mexe muito comigo.

terça-feira, 8 de setembro de 2009

AINDA QUE EU ANDE PELO VALE DA SOMBRA DA MORTE, NÃO TEMEREI MAL ALGUM, POIS TU ESTÁS COMIGO.


Depois daquele sábado senti-me meio atordoada, e só pedia uma coisa a Deus; que eu não ficasse mutilada sexualmente e que a graça dele visitasse o meu Cherry e nos cobrisse com a sua compaixão e amor.Pedi a Cherry que não falasse com nossos filhos,pois eu mesma  ainda não tinha absorvido, digerido, ou seja a ficha não tinha caído.A visita era permitida todos os dias, e minha família,irmãos em Cristo e amigos estavam sempre  presentes. Na segunda-feira Começaram os preparativos da cirurgia, e na hora da visita eu estava fraca pois o jejum já havia começado para realizar  a preparação pre-cirúrgica. lembro dos meus filhos em volta de minha cama, e especialmente de Rafael que pediu-me que cossase a sua cabeça. Eu olhava para Cherry e não podia articular uma palavra sequer,não conseguia nem chorar não queria que eles soubessem o que poderia ocorrer era forte demais para eles. Quando  saíram cobriram-me de beijos e disseram que orariam por mim, vi que estavam tristes, pois sabiam que no dia seguinte não iriam poder ver-me pois estaria em cirurgia.Quando me vi só chorei muito e pedi ao meu Deus amado que segurasse minha mão, e realmente eu precisei muito da presença dele pois a preparação foi terrível, eu não poderia ter nenhum resíduo no intestino e isso custou-me horas de agonia.Só Deus sabe as dores que senti a cada lavagem pois estava toda comprometida de células canceríginas [neoplásia] no reto. O processo oral era uma tortura,  eu tinha que engolir uma substancia que parecia um sal grosso menos salgado e ai não aguentei, pedi um suco pois não estava conseguindo digerir mais nada. Foram horas e horas até que fosse aprovado como manda o padrão, tudo limpo.Eu estava tão fraca e tão tremula que mal podia dormir, só depois de algum tempo colocaram o soro então dormi pois deram-me um calmante.

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

AINDA QUE EU ANDE PELO VALE DA MORTE , NÃO TEMEREI MAL ALGUM, POIS TU ESTÁS COMIGO

Na enfermaria que fiquei, tinha uma senhora ainda jovem que amei muito, seu nome era Celeste ela era muito doce, no leito do meio estava uma senhora já com mais idade e estava com suspeita de câncer de esófago, porém ela não tinha a mínima noção da gravidade, gostava de conversar todo o tempo.[achei que podia ser um pouco de ansiedade] Celeste teve um [CA] de intestino mas o Senhor foi bom, foi descoberto no início,e ali dividíamos algumas coisas para não tocarmos muito no assunto pois todas sabíamos no fundo que passaríamos por processos de dor. Minha cirurgia foi marcada para terça-feira, dia 17 de Abril era um sábado e eu estava sentada em minha cama morrendo de saudades de meus amores, quando o Centurião entrou na enfermaria e caminhou em minha direção. Eu fiquei alegre pois ele sempre foi uma bênção quando estava comigo.Estranhei e perguntei o que ele fazia naquele lugar todo arrumado e perfumado e ele respondeu: Vim ver meus doentinhos, você sabe que me casei com a medicina, e vocês merecem o melhor. Eu senti algo no ar, e perguntei novamente o porque ele ali naquela hora e ele olhou-me durante um tempo abraçou-me sentado-se ao meu lado e disse-me: O que tenho para te dizer está doendo em mim, mais do que tu imaginas, porém nunca te enganaria, pois sempre fomos leais e o seu marido foi o primeiro que comuniquei, eu amo muito vocês e quero transparencia em nosso relacionamento pois sei que vocês tem fé e seguem a um Deus.Não sabia o que pensar, então olhei dentro dos seus olhos e disse: O que falta mais no meu cálice que você me escondeu?ele falou meio emocionado, então percebi que estava quase chorando, com seu jeito gaúcho falou; pode me socar , vá me bata vai doer menos em mim se eu conseguir falar.Emudeci e afrouxei minhas mãos, e ele murmurou mais baixo; talvez tu percas a vagina,mas farei o impossível para isso não acontecer agarre-se com seu Deus.Chorei muito e perdi a noção do tempo que ficamos ali sentados tentando conter o que sentíamos, mas em minha cabeça eu me via castrada como um animal, e chorava mais ainda. Demorou muito,então ele foi embora, e eu fui chorar no banheiro e falar com meu Bom Pastor sobre o que estava acontecendo, eu estava fora de órbita e não conseguia voltar, minha cabeça rodava e fui para a cama cobri-me toda e chorei até que o cansaço tomasse conta de mim. Não contei esse fato as minhas amigas da enfermaria e só pensava em Cherry, em nosso amor nos seus carinhos, eu queria seus braços, seus ombros grandes ,e chorava mais ainda e confesso sem hipocrisia alguma entendi por um momento a solidão que JESUS SENTIU NA CRUZ. E eu pensava meu Pai onde estás? preciso de ti senão vou morrer de dor, estava doendo muito não sei descrever a dor, só o Pai sabe.

AINDA QUE ANDE PELO VALE DA SOMBRA DA MORTE MORTE, NÃO TEMEREI MAL ALGUM PORQUE TU ESTÁS COMIGO


Vivendo a praticidade do vale da sombra da morte, sem muitas conotações líricas o sentimento é de profunda solidão em relação a todos que te rodeiam; é você e Deus. É nele que todo seu ser deposita seus últimos cartuchos quando tudo diz não.Aguardei durante noventa dias o chamado do INCA,diante do diagnóstico do homem já seria óbito e por isso nosso centurião estava aflito em proceder o ato da internação imediatamente.Minhas malas estavam arrumadas desde que recebi o alerta que o chamado ocorreria a qualquer momento depois dos exames realizados. Em meados de Abril recebemos o telefonema tão aguardado, pois já tomamava tramal [morfina] de quatro em quatro horas e meu coração já sinalizava a agressão ao meu corpo. Tinha constantes taquicardias e sentia-me muito mal.Quando fui levada por Cherry e minha prima, quase levei minha casa toda pois tinha receio de precisar de algo e não ser atendida. Eu sou muito alérgica e não posso tomar qualquer medicamento, essa foi uma das grandes dificuldades durante minha estadia no Hospital.O regulamento hospitalar não permite porém foi aberta uma excessão pois nosso centurião fazia parte do corpo de diretores, isso me permitiu levar meu travesseiro pois os de lá eram altos demais todos plastificados deixando minha cabeça muito quente e suada. Quando Cherry e Sheila foram embora senti um nó na garganta e fui chorar no banheiro, estava sentindo-me totalmente indefesa diante de tantos rostos novos e de tantos quadros deprimentes.Eles comunicaram a Cherry para levar qualquer objeto de valor inclusive minha aliança, tratei de esconder meu relógio dentro da mala em um compartimento muito especial, pois queria ter noção de tempo.Colocaram-me uma pulseira branca com meu número de matrícula, ali eu era o número 2058047 sem os previlegios que temos em nossa casa os quais nos fazem sentir tão seguros, e foi quando eu pedi ao meu Deus amado que me socorresse e a todos que estavam naquele pré- cemitério onde quase toda noite víamos passar um corpo empacotado pelo corredor. De onde eu estava, era o primeiro leito de três que haviam naquela enfermaria pequena e a visão era total. Ali eu entendi a passagem de Isaías que diz no capitulo 51.6.[ LEVANTAI OS OLHOS PARA OS CÉUS E OLHAI PARA A TERRA EMBAIXO, PORQUE OS CÉUS DESAPARECERÃO COMO A FUMAÇA, E A TERRA ENVELHECERÁ COMO UM VESTIDO, E OS SEUS MORADORES MORRERÃO COMO MOSQUITOS, MAS A MINHA SALVAÇÃO DURARÁ PARA SEMPRE, E A MINHA JUSTIÇA NÃO SERÁ ANULADA].

terça-feira, 1 de setembro de 2009

AINDA QUE EU ANDE PELO VALA DA SOMBRA DA MORTE,NÃO TEMEREI MAL ALGUM PORQUE TU ESTÁS COMIGO


Experimentei plenamente deste consolo quando eu Cherry e nossos filhos andamos por esse vale da sombra da morte, cinco anos[Esse é o tempo remissivo para um câncer sem condenação]. Eu entendi em minha posição de "marcada" para o abate" que tais experiências não precisam constituir uma rua sem saída. As frustrações, desilusões, os desânimos, os problemas, os dias escuros e difíceis, embora sejam vales escuros, não precisam ser, necessariamente, experiências desastrosas. Podem ser estradas ascendentes, em nossa marcha com Deus. Afinal, se pararmos para refletir por um momento, veremos que as modernas rodovias que cortam as montanhas seguem pelos vales, a fim de alcançar o topo delas. Do mesmo modo, os caminhos de Deus nos conduzem para o alto, através dos vales da vida. Muitas vezes , dizia a mim mesma: Ò Deus esta provação parece dura demais para mim e minha família, é dura demais, mas sei com certeza que no fim tu me proporcionarás um modo fácil e suave para que eu atinja o lugar alto."Então Descobri que nas dificuldades , nos dia sombrios ele sempre esteve comigo em meu sofrimento. Nesse ponto o pânico, os temores e dúvidas cedem lugar a uma confiança calma e tranquila em seus cuidados. De alguma forma, de maneira serena, passei a ter certeza que tudo redundária em benção para nós pois ele sempre esteve comigo no vale, e tudo se acha sob seu controle. Senti naqueles dias que Jesus era um grande anestesista espiritual, e por mais que eu e todos tentassemos entender, ele me anestesiou de forma tão profunda que eu mal conseguia pensar no dia seguinte.

AINDA QUE EU ANDE PELO VALE DA SOMBRA DA MORTE NÃO TEMEREI MAL ALGUM, PORQUE TU ESTÁS COMIGO


Na vida cristã,falamos muitas vezes de querer "subir para os montes altos com Deus". Como ansiamos viver acima dos baixos desta vida! Queremos estar acima do povo em geral, encetar uma caminhada de contato mais íntimo com Deus. Falamos da experiência dos lugares elevados e invejamos e invejamos aqueles que ascenderam às alturas espirituais e entraram nesta vida sublime. Muitas vezes, porém temos uma idéia errônea de como isso pode tornar-se realidade. É como se imaginássemos que pudéssemos "ser içados" para este lugar alto. Mas tal não acontece na difícil estrada da vida cristã. Assim como se dá na criação de ovelhas, também sucede com o povo de Deus- só chegamos aos lugares altos subindo pelas encostas dos vales. Toda montanha tem seus vales. As encostas deles são marcadas por profundas ravinas, e depressões. É a melhor rota para se chegar ao alto é justamente a que percorre os vales. Qualquer pastor familiarizado com as campinas das montanhas sabe disso. Ele guia seu rebanho mansa mas persistentemente montanha acima, pelas trilhas que atravessam aqueles vales escuros. Devemos notar que este verso afirma o seguinte: "Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte...." Não diz que morro nele, nem que paro nele- mas, sim, que o atravesso. É comum usar-se este texto para consolar aqueles que estão passando pelo vale escuro da morte.Mas, nessa situação, para o filho de Deus, a morte não é um fim, mas a porta de acesso a uma vida mais elevada, uma vida superior de íntimo contato com Cristo. A morte é apenas um vale escuro que dá para o monte de gozo eterno com Deus. Não é um fato a ser temido, mas uma experiência pela qual passamos no caminho para uma vida mais perfeita. O Bom Pastor sabe disso. É uma das razões por que ele disse: "Eis que estou convosco todos os dias", sim, até mesmo no vale da sombra da morte. Que consolo e que conforto para nós.


sexta-feira, 28 de agosto de 2009

GUIA-ME PELAS VEREDAS DA JUSTIÇA POR AMOR DO SEU NOME

Percebi que estava mudando para um terreno novo,quando vi Teria que cancelar o eu de minhas decisões, de todas as minhas opções e auto-conhecimento. Dali para a frente eu morria para o meu eu a cada dia, a cada exame determinado por Dr. Gilberto .Parecia Deus testando-me dentro do INCA quando tinha que repetir determinados exames. Fiz uma ressonância magnética e Dr. Gilberto pediu-me para submeter-me a outra, nesse exame minha prima e irmã em Cristo,Neuza foi comigo para dar um descanso a Cherry. Dali em diante eu esperaria a chamada do INCA a qualquer momento.Dentro de minha impotência total tive que deixar-me guiar pelas veredas da sua justiça por amor do seu nome. Embora eu não compreendesse o paradoxo que estava vivendo, sabia que minha vontade não estava mais em questão mas a dele seria feita. Eu não conseguia reconhecer esse terreno novo, porém teria que confiar que meu Bom Pastor me conduziria com sua mão de pai. Meu coração estiva triturado. Eu cheguei a perguntar a ele se não estava exigindo demasiadamente de mim, se suas exigências não eram por demais drásticas, e começava achar que ele estava me conduzindo por veredas dolorosas que começavam a fazer-me ficar com os joelhos tropegos. Minha mente questionava: Se não vou viver mais que seis meses, porque Dr. Gilberto insistia em fazer a cirurgia,seria só um curto prolongamento de um corpo que iria definhar a cada dia.[Eu perdi uma amiga com esse quadro e vi quão terrível foi.]Não tinha coragem de abrir meu coração com ninguém e procurava viver meu dia a dia.Quero deixar registrado alguns fatos que se não o fizer seria uma pessoa extremamente injusta. Em meio ao ocorrido posso considerar-me a pessoa mais abençoada deste mundo,pois tive verdadeiros irmãs e irmãos guerreiros que foram presentes preciosos para minha vida e de minha família. Inicio por Maria Roseni que deixou de viver a sua vida para estar ao nosso lado, cuidando de minha alimentação, de minha família, de nossa casa embora tivesse uma filha pequena que também é um pouco minha. eu a chamava de meu anjo. permaneceu comigo durante o longo vale. Sheila, minha prima e irmã em Cristo, que vivenciou momentos marcantes comigo e Cherry nos momentos mais difíceis; desde cirurgia , quimioterápia , saída do Hospital e ainda levava tudo que podia para que me alimentasse.[caixas e mais caixas de água de coco, nessa época meu estômago não retinha nada.]Foi um anjo levantado por Deus em nosso favor. José Eduardo e liliam como Sheila foram nossos escudeiros incansaveis sempre presentes, levando alimento, amor carinho.[o Zé ficou durante as dez horas de cirurgia que me submeti] com Cherry, sentado ao seu lado ouvindo ele falar e chorar, sendo o seu mais fiel amigo naquele momento tão doloroso para meu marido.Menezes e Neuza[ perdemos Menezes exatamente a dois anos , ontem 27 de Agosto, foi a data fatal.] Ele foi recolhido pelo Senhor, em uma noite de segunda-feira onde eu e Cherry tentava-mos ressucita-lo sem êxito. Esse casal foi uma bênção em todo o período de nosso vale.Me fogem palavras, só peço ao Senhor que console a Neuza e que nos encontremos na glória. Vou parar um pouco pois fiquei muito emocionada, vocês não imaginam como doí a perda de um amigo tão querido. Em outras postagens citarei outros amados.

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

GUIA-ME PELAS VEREDAS DA JUSTIÇA POR AMOR DO SEU NOME


Vejamos então o paralelo humano deste tema. Fico admirada com algumas das similaridades que temos com esses animais, não é por acaso que Deus nos compara a ovelhas. assim como as ovelhas, cega, habitual ou estupidamente, seguem umas as outras ao longo das mesmas estradinhas até que afinal se tornam enormes regos,assim também nós, os seres humanos, agarramo-nos a hábitos que já vimos arruinar a vida de outros.Seguir "pelo caminho"significa simplesmente fazer o que eu quero. Significa que sou livre para assegurar-me meus próprios desejos e realizar minhas próprias ideias. E assim agimos a despeito de qualquer advertências mesmo sabendo que aonde Deus não está nos faz caminhar para o incerto, pois não temos a capacidade de enxergar como Deus enxerga.Quando despertamos e tomamos consciência que precisamos desesperadamente seguir suas veredas, e entendemos que nos custará um preço.No momento em que me disponho a dar minha vida, a entregar-me a mim mesmo, desdobrar-me em favor de outros compreendemos que foi exatamente isto que Deus realizou por nós, em Cristo." Nisto conhecemos o amor, em que Cristo deu sua própria vida por nós."[1 Jo 3. 16] Amor é altruísmo, ou auto-sacrifício, em conta-posição ao egoísmo.Mas Cristo observou que somente uns poucos iriam achar seu caminho agradável. Ser marcado como pertencendo a ele, importaria em receber certo volume de crítica e sarcasmo, muitos de nós não querem isto.Assim como ele foi um homem de dores,que sabia que era padecer, nó também teremos que ser assim.Temos que aprender a nos dispor a carregar o fardo de outras pessoas, para entrar no sofrimento dos outros. Em vez de lutar pelos meus direitos,disponho-me a sacrificá-los, em benefício de outros. Basicamente foi isto que o Senhor quis dizer, quando falou em negar-se a si mesmo. Não é fácil fazer isto; tampouco isto é uma atitude natural, normal. Mesmo na atmosfera afetuosa do lar, nosso intento de auto-afirmação evidencia-se fortemente, e o exercício dos direitos pessoais está sempre vivo. Mas a pessoa que estiver disposta a subjugar seu orgulho, a tomar um dos últimos assentos, a tocar o segundo violino sem alimentar um sentimento de amargura ou humilhação, terá caminhado bastante com Deus em novo terreno. Existe um enorme senso de libertação do ego, nesta atitude. A pessoa é liberta as cadeias do orgulho pessoal. Aquele que não tem um forte senso da própria importância não pode ser ofendido nem humilhado. Por alguma razão, ele goza de grande despreocupação, que torna sua vida espiritual mais contagiante de alegria e satisfação. Quando o desejo de auto-afirmação, auto- engrandecimento o intento de agradar a si mesmo dá lugar ao desejo de simplesmente agradar a Deus e aos outros, grande parte do peso das preocupações desaparace da nossa vida.A marca da alma serena é a ausência de esforço, ou pelo menos do impulso de auto-determinação. A pessoa que se acha disposta a depositar seus interesses pessoais nas mãos do mestre, para que ele os administre e oriente, alcançou o estado ideal de descanso e repouso em campos verdejantes, pois está deixando-se guiar pelas veredas da justiça por amor do nome do Pai.Quando realmente acreditamos e entregamos nossos interesses nas mãos de Deus, cada evento, não importa que seja feliz ou trágico, será compreendido como parte do plano divino para nossa vida. Reconhecer, sem a mínima sombra de dúvida, que ele faz tudo para o nosso bem,mesmo que a nossa mente não alcançe. Viver guiados pela mão do Pai significa ser conduzido a uma imensa paz, calma e força em toda e qualquer situação.

GUIA-ME PELAS VEREDAS DA JUSTIÇA POR AMOR DO SEU NOME


As ovelhas são, reconhecidamente,criaturas que observam hábitos. Se entregues a si mesmas, seguirão sempre os mesmos caminhos até que se que estes se tornem gastos. Pastam nas mesmas colinas até que elas fiquem destituídas de vegetação: defecam na própria terra até que se torna poluída com vermes e parasitas. muitos dos melhores rebanhos de ovinos do mundo acabam deteriorados e sem condições de recuperação por falta de rodízio na pastagem, por causa de erros na administração da criação e devido à indiferença ou ignorância dos pastores. Basta viajar por regiões como a Espanha, Grécia, Mesosopotânia, norte da África, a parte ocidental dos Estados Unidos, Nova Zelândia e Austrália, para se ver a destruição que as ovelhas causam na terra.Certas áreas dessas regiões, que haviam sido campinas férteis, gradualmente foram sendo reduzidas a desertos devastados.Um número excessivo de ovelhas, pastando durante um período de tempo demasiadamente longo, sob orientação fraca,nada deixa em seu rastro, a não ser pobreza e destruição. Uma idéia errônea acerca das ovelhas, mas largamaente aceita, é a de que podem "viver em qualquer lugar". O oposto é que é verdade. Nenhum outro tipo de gado exige uma atenção mais cuidadosa, uma orientação mais meticulosa do que o ovino. Com toda certeza Davi, sendo pastor, já aprendera esta lição por expriência própria e da maneira mais dura. Sabia sem sombra de dúvida que, para o rebanho prosperar e a reputação do criador como administrador ser mantida em alto conceito, ele teria que observar continuamente um controle e orientação meticulosos. Em suma,Davi entendia que devia haver uma planificação do trabalho, um rodízio planejado e deliberado de uma pastagem para outra, em observância a certos princípios de boa administração. Esta era exatamente a linha de ação e a idéia que Davi tinha em mente, quando mencionou ser conduzido pelos caminhos da justiça. EM PROVÉRBIO 14.12 E 16.25 LEMOS O SEGUINTE:"HÁ CAMINHO QUE AO HOMEM PARECE DIREITO, MAS AO CABO DÁ EM CAMINHOS DE MORTE." Em franco contraste com isso , Cristo o Bom Pastor, apresenta-se ternamente e diz:EU SOU O CAMINHO, A VERDADE E A VIDA; NINGUÉM VEM AO PAI SENÃO POR MIM ."[ JO 14. 6] "EU VIM PARA TENHAM VIDA E A TENHAM EM ABUNDÂNCIA." [JO 10. 10.]

terça-feira, 25 de agosto de 2009

REFRIGERA-ME A ALMA

Quando leio a história de Jesus e os meus olhos espirituais

alcançam com alegria e segurança a sua conduta em relação em relação às carências humanas, eu o vejo sempre como o Bom Pastor, cuidando da ovelha virada. A ternura, o amor, e a paciência que demonstrou ao restaurar a alma de Pedro após a terrivel tragédia se suas tentações, são um exemplo clássico de Cristo buscando restaurar um dos seus. E assim que ele se apresentou e apresenta para mim, suave terno e tranquilizador, não importa quando, onde ou como esteja abatida. No Salmo34. 18.19, temos um comentário preciso preciso deste aspecto da personalidade de Cristo, nas seguintes palavras:Salmo 34. 18.19"PERTO ESTÁ O SENHOR DOS QUE TÊM CORAÇÃO QUEBRANTADO E SALVA OS DE ESPÍRITO OPRIMIDO. MUITAS SÃO AS AFLIÇÕES DO JUSTO,MAS DE TODAS O LIVRA".Quando estamos abatidos e ficamos como a ovelha virada, não temos força em nós mesmos, para mudar o mínimo detalhe do que está ocorrendo em nossas vidas. É uma sensação de impotência tão arrasadora, tão devastadora,que se não buscarmos em Deus, humildade, quebrantamento e consciência de dependência total no amor e cuidado dele, ficaremos paralisados e aterrorizados. Como a ovelha, por algum motivo que não entendemos, teremos que ser tosquiados para não perecer e isso nos livrará de algo muito pior. A tosquia não é um processo agradável nem as ovelhas apreciam a tosquia, o trabalho para o pastor também é cansativo, mas urge que seja feito. Certamente nosso Pastor não se alegra em nos tosquiar, porem naquele momento de nossa vida tem que acontecer, temos que confiar na posição do nosso Pastor. Quando meu filho Rodrigo raspou minha cabeça, pois a quimioterapia fazia meus cabelos caírem assustadoramente eu me senti tosquiada ,pois meus cabelos eram para Cherry o que ele mais curtia. Sempre tive muito cabelo e quando entrava no carro dizia: Cherry fecha o vidro do seu lado senão fico igual a Gal Costa, ele sempre ria, isso foi sempre motivo de gozação entre nós dois. Eu sentia muito frio na cabeça, nunca pensei que cabelo fizesse tanta falta e confesso que chorei muito, pois nessa fase eu estava perdendo muito peso e estava esverdeada. Me sentia um patinho feio e fraco, porém podia sentir meu Pastor refrigerando minha alma de várias maneiras.Ah! Se não fosse o Senhor tenho absoluta certeza que teria sucumbido.A paz que eu sentia era sobre natural e seu refrigério vinha também através do amor que recebi de todos que me cercaram naqueles dias nebulosos, pessoas que citarei e postarei, para que todos vejam que existem amigos e irmãos que são cheios do amor de Deus e eu sou grata por tudo que elas investiram em mim e minha família.[MARAVILHOSO JESUS: EU TE LOUVO E AGRADEÇO POR CADA VIDA QUE PARTICIPOU DESSE ESTREITO CAMINHO MUITAS VEZES TÃO APERTADO QUE PENSEI NÃO CONSEGUIR PROSSEGUIR.TE LOUVO POIS SEI QUE TU ESTAVAS COM TUA GRANDE FIDELIDADE SEGURANDO-ME EM TEUS BRAÇOS E USASTES CADA UM COMO INSTRUMENTO DE AMOR EM SUSTENTO ESPIRITUAL, EMOCIONAL, ATÉ MATERIAL. TE AMO]

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

REFRIGERA-ME A ALMA

Até mesmo Davi o autor do salmo, que era muito amado por Deus, sabia o que era estar abatido e desalentado. Já provara o sabor da derrota em sua vida, e sentira a frustração de cair em tentação. Davi estava familiarizado com a amargura de sentir-se DESALENTADO E SEM FORÇAS EM SI MESMO. No Salmo 42. 11 ele clama:"Por que estás abatida ó minha alma? por que te perturbas dentro demim? Espera em Deus..." existe um paralelo perfeito entre esta situação e o cuidado das ovelhas. somente aqueles que conhecem intimamente as ovelhas e seus hábitos entendem o significado de uma ovelha "virada" Este termo significa que o animal virou-se de costas e não conseguiu devirar-se sozinha e colcar-se de pé. Uma ovelha virada é uma cena triste. Deitada de costas, as patas para o alto, ela se debate freneticamente, lutando para por-se de pé, mas sem sucesso. As vezes ela bale um pouco, como que pedindo socorro, naturalmente. mas em geral fica ali deitada, batendo as patas, frustrada e assustada Se o Pastor não aparece no local dentro de certo período de tempo, a ovelha fatalmente morre. Esta é outra das razões por que o Pastor diligente deve examinar o rebanho diariamente, e contar os animais para ver se todas se acham em condições de se porém em pé. Se faltar uma ou duas delas, muitas vezes, o primeiro pensamento que lhe ocorreé; "Uma de minhas ovelhas acha-se virada em algum lugar. Tenho que ir procura-la e coloca-la de pé".Mas não é somente o Pastor que se mantém alerta para as ovelhas viradas. Os predadores também o fazem. Cães, coiotes, urubus , bútios e onças, todos sabem que uma ovelha virada constitui uma presa fácil, e a morte não tarda. O fato de que toda ovelha virada está completamente só, perto da morte e vulnerável a ataques torna o problema muito sério para o responsável. Nada exige mais seus cuidados e atenção constante do que o fato de que até mesmo uma ovelha grande , sadia e forte pode virar-se e implicar em prejuízo para ele. Na verdade, as ovelhas que caem nessa posição são justamente as mais pesadas ou com muito pelo. Quando uma ovelha com essas caracteristicas deita-se confortavelmente em uma pequena depressão de terreno, rola ligeiramente de lado ou estende-se para descansar. De repente, o centro da gravidade do seu corpo desloca-se e ela se vê de costas, de modo que as patas não tocam mais o chão. Talvez entre em pânico, e passe a debater-se freneticamente. Muitas vezes, isto piora a situação , porque ela rola mais e mais. Então torna-se impossível recuperar a posição inicial. e enquanto ela está ali deitada, lutando, começam a formar-se na bolsa ruminante gases, que se espandem e tendem a retardar a circulação do sangue nas extremidades do corpo , principalmente das patas. Se estiver fazendo calor, e o sol estiver quente, a ovelha nesta posição pode morrer em poucas horas. Se estiver fazendo frio e chovendo, é possível sobreviver nessa posição durante vários dias. Se a ovelha for uma fêmea com cria, naturalmente o prejuizo do criador é maior. Se os cordeiros não nasceram ainda, morrem com ela. Se são pequeninos e se amamentam da mãe, tornam-se orfãos. Tudo isso agrava sempre mais a situação. Portanto, é fácil entender por que o pastor está sempre alerta para este problema.

LEVA-ME PARA JUNTO DAS ÁGUAS DE DESCANSO


Com os olhos da memória, enxergo novamente e me reporto aos dias em que ao fazer a primeira reto- endoscopia ,eu confesso que foram momentos que pedi ao meu Pastor que fizesse passar depressa. O Procedimento era feito a sangue frio e eu estava no auge das dores, tomava Tramal já de seis em seis horas e me questionava se valia a pena passar por tudo isso se meu tempo era esgotado.Nesse dia , tive que repetir a dose e fazer outra reto- endoscopia, sentindo o instrumento do exame sendo penetrado no meu reto totalmente tomado pelo câncer. Sai dali totalmente esgotada e pedia ao meu Jesus que passasse de mim esse cálice ; era muito amargo. Imediatamente fui levada para a sala de tomografia computadorizada , onde comecei a tomar o contraste, meu estômago estava dando voltas e eu clamando ao meu Senhor engolindo o choro dizendo para Cherry:Eu não aguento mais sentir dor hoje, quero ir embora. Graças ao pai a tomografia era indolor e eu louvei o meu Deus, pois estava muito cansada.Não havia terminado ainda ,faltava o exame do tórax, e bem baixinho eu pedi, Meu Jesus:Preciso do teu amor leva-me para tuas águas de descanso e leva Cherry junto comigo ,pois eu via que ele estava abatido.Finalmente voltamos para nosso ninho e pude ver, abraçar e beijar meus filhotes e minha Amora.Quando retornava para meu lar os meus irmãos em Cristo , os meus vizinhos tão queridos iam dar um alozinho , levar docinhos caseiros ,e eu via a poderosa mão do Pai acariciando-me e a minha amada família.No dia seguinte teria outra maratona a cumprir e eu só queria dormir para descansar a minha mente, pois além de tudo isso fazia pouco tempo que perdera uma querida amiga; motivo,suicídio e isso foi muito triste para todos nós. Me emocionava ao ler o versículo de JÓ-14- 7. 9[PORQUE HÁ ESPERANÇA PARA A ÁRVORE, POIS, MESMO CORTADA, AINDA SE RENOVARÁ, E NÃO CESSARÃO OS SEUS REBENTOS. SE ENVELHER NA TERRA A SUA RAIZ, E NO CHÃO MORRER O SEU TRONCO,AO CHEIRO DAS ÁGUAS BROTARÁ E DARÁ RAMOS COMO PLANTA NOVA].

sábado, 22 de agosto de 2009

LEVA-ME PARA JUNTO DAS ÁGUAS DE DESCANSO

Como coloquei em postagem anterior, eu e Cherry resolvemos deixar nossos filhos de fora no que concernia a exames, hoje temos convicção plena que nosso Pastor nos conduziu a decisão certa.Dr. Gilberto[ nosso anjo Centurião] foi de uma integridade profissional e humana sobre-natural, Vimos nessa fase do caminho que O nosso fiel e glorioso Deus escolheu esse homen como um presente, que o pai dá ao filho quando sabe que ele está passando um tratamento de choque.Quero agadecer ao meu Pai dos pais [Jesus] por dar honra a esse profissional impar, que sempre manteve uma genuína humildade e amor, sem sequer esboçar toda bagagem de um professor graduado respeitadissimo e amado por seus pacientes. Em meio ao seu ambiente de trabalho, ele confrontava seus colegas em favor dos sofridos, indefesos e muitas vezes condenados pacientes de uma rede pública. Ele nunca diferenciou um paciente do outro, distribuía seu amor a todos que em suas ungidas mãos caiam muitas vezes já condenados. Em um dos dias que fomos ao ambulatório, e sentimos que nosso Centurião estava muito agitado, o lindo é que ele pedia que orássemos por ele, pois estava inconformado com a falta de humanidade do sistema em que ele fazia parte. Um paciente seu com quase noventa anos que apresentava o mesmo diagnóstico que eu recebi, foi bravamente poupado por esse valioso profissional da saúde,lutando contra o sistema do Hospital que queria fazer uma reto- endoscopia nele e interna-lo. Ele tomou sobre si a responsabilidade do paciente , reuniu os filhos e o mandou para casa , morreria no seio dos seus entes queridos. Vimos sua revolta quando dizia: Esse homem é um idoso e restam-lhe poucos dias, e esses páreas ainda querem enfiar-lhe um ferro no reto!Queria ver se fariam isso com seu pai. E continuava falando, ele só precisa de amor da família e de medicação adequada para dor o mais só Deus.Glorificamos a Deus ,pois ele usava esse abençoado homem para lançar águas de descanso sobre os enfermos sofridos e cansados. Nesse momento estou postando, e, contemplando sua foto que imprimi para guardar entre os documentos do meu histórico hospitalar. [Tem um louvor de Cristina Mel que ficou como marco de um relacionamento tão precioso.[ Ao amigo distante]Mais tarde voces entendrão porque. [SENHOR JESUS: GUARDE A VIDA DO NOSSO CENTURIÃO, DE SUA ESPOSA, E SEU FILHINHO, QUE ELE SEJA USADO MAIS E MAIS NA VIDA DAQUELES QUE PASSAREM POR SUAS MÃOS E QUE TODAS AS BENÇÃOS DOS CÉUS SEJAM LIBERADAS SOBRE SUA VIDA E QUE ELE VENHA A SER UM SEGUIDOR E SACERDOTE EM SEU REINO EM NOME DE JESUS, AMEM].

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

LEVA-ME PARA JUNTO DAS ÁGUAS DE DESCANSO

Era Janeiro de 1997 quando tudo que narrei teve início´, nós tínhamos passado desessete dias em Murí com nossa linda família comtemplando todos os matizes de verde que a serra nos privilegiava[Deus é perfeito], comendo churrasco, nos alegrando uns com os outros e agradecidos por esses dias de descanso , tão desejados.As dores pioraram, e, quando regressamos pedi a minha filha para desarrumarmos as malas pois eu não estava bem; assim fizemos e quando fui deitar para descansar falei com ela: Jacque, a mamãe não vai mais ter força para levantar estou sentindo algo muito estranho. Sempre fui uma observadora de minhas reações físicas ,pois trabalhava com estética corporal e anatomia sempre foi minha paixão,atendia alguns pacientes terapêuticos como casos de câncer, paralílsia facial,postura corporal, apenas como excessão. Eu amava o meu trabalho e sempre fui ajudadora do meu Cherry, sempre amei literatura e isso facilitava a minha constante pesquisa em livros de anatomia. Tinha uma grande clientela, e quando mudei para a Região Oceânica, tive que optar por dar um tempo pois o local estava em fase de crescimento e eu me ausentaria muito. Quem tem gémeos e uma filha adolescente sabe que é trabalho integral, por isso optei em dar atenção a minha família; Cherry ficava muito ausente por conta seu cargo na empresa, que exigia muito dele.Assim o tempo passou e eu não retornei a minha profissão.Minha filha casou muito jovem, e nos agraciou jesus com o nascimento de Mariana que batizei com o apelido de Amora[ela é uma morena belíssima]. Dois anos e meio depois do nascimento de Amora, o meu genro teve uma tráumatica morte em um acidente de carro [dormiu ao volante] e isso acarretou muita dor em todos da família,ele só tinha 27 anos, era uma criança.Nossa filha voltou para casa trazendo Amora nos braços, e os gémeos foram bênçãos dos céus para as nossas meninas; eu e Cherry ficamos muito contristados.Nesse episódio agarrei-me ao meu Pastor tão intensamente que podia sentir seu amor nos conduzindo gentilmente em meio a tanta fatalidade. Foi um tempo de pranto e dependência total desse maravilhoso Deus que nos levou as águas de descanso em meio a viuvez de uma filha e a orfandade precoce de nossa Amora. Jesus e o tempo foi nosso aliado e prosseguimos confiando no grande amor desse Pastor fiel que continuou nos conduzindo.Nesse trecho quis dividir com vocês um pouco da nossa história, embora tenha resumido e não narrado muitos outros fatos. Volto agora ao dia em que chegamos de viajem e senti que ocorreriam mudanças radicais em nossas vidas. Daquele dia em diante nossa história foi conduzida a outro nível que jamais esqueceremos.Foi preciso muitas águas de descanso para suportarmos o aguilhão da morte sempre me espreitando, e minha família lutando como gaditas para me dar amor ,carinho, me cobrir de beijos e pedir ao Senhor que a morte não me ceifasse.

LEVA-ME PARA JUNTO DAS ÁGUAS DE DESCANSO

O organismo de um animal como a ovelha é constituido de 70% de água, em média. Esse fluído tem a finalidade de manter o equilíbrio do metabolismo orgânico; faz parte da constituição da célula, contribuindo para sua turgidez e seu funcionamento normal. A água determina a vitalidade, a força e o vigor da ovelha, sendo, portanto, esssencial ao seu bem-estar geral e saúde. Se o suprimento de água para o animal diminui, começa a desidratação. Esta desidratação dos tecidos pode implicar também em que o animal fique fraco e debilitado. Todo animal fica ciente do baixo teor de água no organismo através da sede. A sede indica a necessidade de suplementação de teor liquído do organismo. por meio de uma fonte externa. E assim como o organismo fisíco tem a necessidade de reter a água e de sentir necessidade dela quando esta lhe falta, assim também a personalidade humana, a alma , tem necessidade da água do Espirito Santo, segundo nos ensinam as escrituras. Quando as ovelhas estão sedentas, tornam-se inquietas, e partem a procura de água para se satisfazerem. Se não forem conduzidas a bons depósitos de água pura e limpa, muitas vezes acabarão abeberando-se em poças poluídas, onde contraem vermes tais como nematóides, fascíola hepática e germes causadores de doenças. Cristo, o nosso Bom Pastor, deixou claro que exatamente do mesmo modo os homens de alma sedenta só poderão satisfazer sua necessidade e sede pela vida espiritual nele mesmo. Em Mateus 5. 6 ele disse:" Bem- aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão fartos." No dia da grande festa de Jerusalém, ele declarou ousadamente: "Se alguém tem sede, venha a mim e beba." Na linguagem espiritual, "beber" significa simplesmente "tomar", "aceitar" e "crer". Isto quer dizer que a pessoa aceita e absorve a própria vida de Deus, em Cristo, de tal modo, que ela se torna parte integrante da pessoa. A dificuldade é que as pessoas que se acham "sedentas" de Deus [ isto é, que possuem um profundo senso interior de busca; estão a procura de algo que as satisfaça plenamente] muitas vezes não sabem ao certo onde devem procurar,nem o que estão procurando. Sua capacidade interior de buscar a Deus e a vida divina está ressequida e, em sua ansiedade , elas bebem de qualquer poço poluído, na tentativa de satisfazer esta sede de realização. Quando Davi escreveu o Salmo 23, sabia disso.Olhando a vida do ponto-de-vista da ovelha, ele disse:"Leva-me[ele, o Bom Partor] para junto das águas de descanso." Em outras palavras, somente o Senhor sabe onde encontrar as águas de descanso, tranqüilas, límpidas e puras, que podem saciar seu rebanho e mante-lo forte e resistente.

ELE ME FAZ REPOUSAR EM PASTOS VERDEJANTES

Quando os meus olhos estão fixos no Senhor,não contemplam mais aqueles que me rodeiam. Esse é o estado de perfeita paz. E é bom relembrarmos que, no fim de tudo, será ele quem decidirá e julgará qual sua perfeita vontade em relação a todas as coisas. Afinal, o que importa mesmo é sua opinião a meu respeito. Qualquer avaliação do humana, quando muito, será fatalmente bastante imprevisível, duvidosa e nada definitiva. Baseando-me nisso comecei a buscar nele a força necessária, para enfrentar a sentença proferida ,em relação aos meus dias restantes. Quando voltei ao INCA acompanhada por Cherry, o médico que me acompanharia era outro , seu nome: Dr.Gilberto Arménio missirlian,[CRM-5245332-3] o maior exemplo de amor, carinho e solidariedade, que encontrei no campo da medicina. Mais tarde eu o chamaria de meu Centurião e melhor amigo naqueles dias nebulosos. Os pastos verdejantes do meu Pastor começavam a isalar um odor refrescante, em meio aos odores hospitalar sempre mesclados de éter ou isalados de um corpo que se necrosava em vida. O setor Ambulatorial fez-me visualizar, as pessoas que percorriam o mesmo caminho que comecei a percorrer; um tenebroso e longo percurso sem previsão de chegada aos cinco anos remissivos.Pedi a Cherry que poupasse nossos filhos,pois dali em diante começou a operação exames. O grande paradoxo de tudo e, que teria de me submeter aos exames e esperar um leito para realizar a internação, pois o número de pacientes em espera e os internos não correspondiam as minhas expectativas de diagnóstico.Pude através de todo esse processo entender, que só a mão do meu Deus e Pastor, poderia operar em meu favor contra o tempo que não parava.Dr. Gilberto começou a nos preparar para o tipo de cirurgia que me submeteria, tivemos a sensação que um trator passava por sobre nós e ficamos sem ação e reação, o que foi percebido por Dr. gilberto que nos abraçava e tentava nos consolar , passar esperança e nos trazer de volta. Saimos dali e ficamos em silencio na volta para nossa casa. Eu queria ver meus filhos, minha pequetita netinha Mariana que chamo de Amora, meus cachorros e minha gata Esmeralda que nos deu lindos filhotes. Ali, pertinho deles no aconchego de nossa casa, senti que precisava desesperadamente que o meu Pastor Jesus enviasse todo amor , ajuda, compaixão e misericórdia. Hoje mais do que nunca ,tenho plena convicção que sua fidelidade foi maior do que cremos.Sua preocupação por nosso bem-estar, , realmente , acha-se acima de minha compreensão.Quando muito, o que posso fazer é desfrutar, e regalar-me em tudo que ele me oferta por sua graça e amor.

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

ELE ME FAZ REPOUSAR EM PASTOS VERDEJANTES

Trago em meu coração a marca de como Jesus abominava a hipocrisia, e ao contar minha experiência, abrirei o meu coração deixando fluir sem omitir tudo que senti, chorei,e me alegrei. Não creio em filosofias e síndromes de Chyrra ou mulher maravilha, portanto amados Blogueiros prezo por ter uma postura apenas humana,com a bênção de ser filha do Deus criador. A melhor posição diante do poder dele, é nos colocarmos com nossas limitações e permitirmos que ele seja DEUS. Quando procurei o médico sentia dores denominada colite, e comecei a ter bloqueios intestinais muito fortes, e isso levou-me ao médico já citado [Dr. hyrotaka Yamany][segue o nome da médica que fez a biopsia, Dra. Regina Alcântara Granato -C R M 5224279-3]considerado como conceituadissimo em seu meio.Quando ele examinou-me perguntou-me como eu estava sopurtando a dor; levei um susto, pois sempre fui durona e sempre driblei a dor física com resistência; includive nos partos.Resultado da biopsia- histopatológico- [Os cortes histológicos de mucosa de intestino grosso mostram neoplasia[tumor maligno] de linhagem epitelial formada por células pleomórficas, de núcleos atípicos, com figuras de mitose, que se dispõem em grandes ninhos ou esboçam estruturas glandulares infiltrando o córion. Presença de intenso infiltrado inflamatorio misto e áreas de material fibrino necrótico-leococitário. Conclusão: Adenocarcinoma moderadamente diferenciado ulcerado do reto infiltrando toda a parede até gordura perio retal- dukes c.Depois disso as dores aumentaram pois o tempo agora corria contra mim.Ou melhor não havia corrida, apenas uma traumática cirurgia que me garantiriam mais seis meses de vida.

ELE ME FAZ REPOUSAR EM PASTOS VERDEJANTES

Na vida cristã, não existe substituto para a certeza de que o Pastor se acha por perto. Não há nada como a presença de Cristo para dispersar o medo, o pânico e o terror do desconhecido. Todos nós levamos uma vida bastante incerta,a qualquer momento podemos achar-nos face a face com uma calamidade, um perigo ou sofrimento, de procedência imprevisível. A vida é cheia de acidentes. Ningém sabe predizer os problemas que cada dia lhe trará .Ou vivemos numa atmosfera de ansiedades, temores ou pressentimento, ou numa atmosfera de repouso.Qual será?Geralmente é o desconhecido e o inesperado que produzem maior pânico. Quando estamos dominados pelo pânico, a maioria de nós é incapaz de fazer frente as circunstâncias e complexidades da vida.Se sentimos que há inimigos ameaçando nossa tranquilidade, muitas vezes nosso primeiro impulso é simplesmente erguer-nos e fugir deles. E então em meio as desventuras, subitamente nos sobrevém a consciência de que ele, O Cristo, o bom Pastor, está ali. Essa certeza muda tudo. Sua presença lança uma luz diferente sobre a situação. De repente, as coisas já não paracem tão sombrias, tão aterrorizantes. Modifica-se a perspectiva de tudo. Volta-nos a calma e já podemos repousar.É função especial do maravilhoso Espírito Santo comunicar ao nosso coração temeroso este senso da presença de Cristo. Ele se aproxima mansamente e nos assegura de que o próprio Cristo está ciente de nossa existência cheia de problemas e profundamente envolvido nela conosco.

Ele me faz repousar em pastos verdejantes

O fato mais estranho com relação as ovelhas é que, por sua própria constituição, é-lhes quase impossível deitar-se a menos que se satisfaçam quatro condiçoes. Devido à sua timidez, elas se recusem a deitar-se a não ser que estejam plenamente tranqüilos e sem temores. Por causa do seu comportamento social, no grupo do rebanho, não se deitam enquanto houver quaisquer atritos com outras ovelhas. Se estiverem sendo importunadas por moscase parasitas, também não se deitarão. Só conseguem relaxar quando estão livres dos insetos. Por último, as ovelhas não se deitam enquanto estiverem com fome, Precisam estar bem alimentadas para faze-lo. É muito significativo o fato de que, para conseguirem repousousar, precisam sentir plena segurança, sem temores,tensões, irritações ou fome. E o aspecto singular desse quadro é que somente o pastor pode proporcionar-lhes esta tranqüilidade, livrando-as de sua ansiedades.Concluimos, então que o bem-estar do rebanho depende da diligência do criador,para anular as influências pertubadoras. Se examinarmos cada um destes fatores que afetam as ovelhas de forma tão séria, entenderemos a enorme importância do papel que o criador tem no cuidado delas. Na verdade, é ele quem lhes proporciona as condições adequadas para se deitarem, descansarem, repousarem e estarem contentes, tranqüilas e se desenvolverem. o mesmo se aplica as pessoas.

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Nada me faltará[Diante de uma declaração arrasadora]

Em meio a tanta dor pude vislumbrar e sentir como ovelha marcada para o abate;o Pastor amoroso e cuidadoso, Jesus [santo,pai amigo, consolador e companheiro fiel] e a sua manifestação como Leão da tribo de Judá rugindo e despedaçando o jugo do inimigo cruel e implacável, sobre minha vida. Ao maravilhoso Senhor Jesus [meu papai] toda honra, toda glória, todo louvor pois levaste a mim e minha amada família para o livramento e consolação em dias de trevas.Começamos a perceber que teríamos de unir forças, e nos apegarmos ao único que poderia nos garantir a verdade fosse ela qual fosse. Senti o cutelo em meu pescoço, porém não esboçava nenhuma reação emocional para não afetar meus amores[minha família] e comecei a enfrentar a maior e mais dolorosa jornada de minha vida.Nesse período comecei a sentir que algo estava sendo alterado em meu interior, e sem perceber fui inundada pelo socorro do meu Pastor amado. Ele não permitiu que me faltasse pastos verdejantes em meio as batalhas, e isso se concretizou em meu entendimento quando uma irmã muito amada olhava-me com imensa dor; ela tinha minha biopsia em mãos tentando dizer-me o que ocorreria e que tipo de cirurgia eu passaria.Lembro bem desse dia e recordo-me que eu dizia: Liliam eu sei que sofrerei danos irreversíveis,porém vou ter que passar por esse vale, vou ter que crer que o Senhor me ajudará.Ela era uma mulher de Deus e de fé, porem o meu diagnóstico foi dado a ela em primeira mão; ela levou-me ao médico [Dr.hyrotaka yamany] ele mandou-me com o material da biopsia para o laboratório ela e outra amiga estavam comigo. A aflição dela foi por ter levado o resultado para ele que colocou a terrível realidade.Eu teria noventa dias de vida, se fizesse o procedimento cirúrgico, seriam seis meses no máximo pois estava toda comprometida.O câncer alastrou-se por meu reto colón , intestino etc....

Dali fui para o INCA [matrícula 2-058047 unidade hospitalar aparato abdominal]. Na postagem anterior narrei o ocorrido nessa unidade hospitalar, portanto minha sorte estava lançada. Entreguei meu frágil corpo condenado ao Pastor dos pastores, para dizer a verdade fui uma ovelha que não balia apenas agarrava-me a ele e ao amor do meu Cherry,dos meus filhos , irmãos em Cristo e amigos.Nesse tempo a manifestação do amor do Pai foi o mais precioso presente que recebi até hoje, está marcado em meu espírito, mente, e alma para sempre.[COM SEU BRAÇO FORTE ELEVASTE-ME AS ALTURAS E COM SEU AMOR DECRETOU A FALÊNCIA DA MORTE EM MINHA VIDA].